Parabéns, Poeta!

"gente. O que e quando é" (betina moraes)

para mim, só o poeta é gente.

todos os outros indivíduos são:
Médicos,
Engenheiros,
Motoristas,
Secretárias,
Ministros,
Presidentes,
Mendigos,
Banqueiros...
são só isso, mais nada!
tem poeta que é médico a aí é gente;
poeta engenheiro e gente;
poeta motorista: gente;
secretária poeta, gente muito boa!;
Ministro tão poeta que é gente-gente;
Presidente poeta?Quem sabe um dia!
Mendigo é sempre gente e poeta pra sempre,sem exceção.
Banqueiros poetas?
Há um caso isolado:o do banqueiro poeta Nobel da Paz da gente pobre.
se for gente é poeta,
se é poeta é gente,
radical assim mesmo!
se não é poeta, não existe.
a não ser no Irã,
onde todo o mundo escreve
pelo menos um poema na vida(uma lei moral que invejo muito)
e assim se vê germinar alguma semente,
não existe mais nenhum lugar cheio de gente.


º Blog da betina
ºAtalho da postagem no blog

4 comentários para maricota:

betina moraes disse...

maricotinhasona!
me pegou de jeito...
um beijo na alma!

Pedro Monteiro disse...

Aee cara vlw
Só estou tentando mudar o mundo.
Fernão me deu esperança.
Abraços

* Geninha Paiva * disse...

Poesia é da condição humana.
Só que, nem todo mundo se permite enxergar.
Abraço!

Alexandre disse...

Olá. Bacana teu blog. Gostei especialmente das poesias.

Criei um outro dia:

http://criticodostempos.blogspot.com/

Nele discuto temas sociais e do cotidiano.

Passa lá!!!

bjsssss.

 
© Template Scrap Gerbera|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti